Home / 2019 / GTA 5 fica senssacional com Ray-Tracing Testes com The Witcher 3 também foram feitos!

GTA 5 fica senssacional com Ray-Tracing Testes com The Witcher 3 também foram feitos!

A Ray-Tracing é a grande novidade nos gráficos para videojogos – é um dos maiores destaques da atualidade que até foi uma das primeiras coisas confirmadas para a PS5 pela Sony.

Existe um grande entusiasmo em torno desta tecnologia e é fácil perceber o porquê, especialmente quando vês o que consegue fazer quando é aplicada a jogos já disponíveis.

O Digital Foundry já nos falou dos seus impressionantes resultados em Half-Life 2 e Minecraft quando a Ray-Tracing é ativada, mas estes dois vídeos dedicados a Grand Theft Auto 5 e The Witcher 3 são igualmente sensacionais.

Grand Theft Auto 5 com ray tracing mostra uma experiência transformada graficamente pela nova iluminação, o épico mundo aberto ganha uma nova dimensão e qualidade – repara no carro amarelo que está estacionado e no interior da casa:

O outro vídeo, sobre The Witcher 3, não é tão impressionante e não apresenta uma transformação com o impacto do de GTA 5, mas ainda assim apresenta visuais mais realistas:

Tal como explicado pelo Digital Foundry, estes vídeos com ray tracing são feitos com o uso de uma nova extensão que está actualmente em desenvolvimento para a poderosa ferramenta pós-processamento, Reshade, criada por Pascal Gilcher, um veterano nos mods e contribuidor para a Nvidia Ancel.

Eis uma explicação do Digital Foundry:

“A Reshade funciona ao ser inserida no DirectX para aceder a dados dentro dos buffers de profundidade e cor para alcançar um conjunto de efeitos pós-processamento, incluindo anti-aliasing SMAA, reflexos screen-space, campo de profundidade e tonalidades, por exemplo. Uma nova funcionalidade ray-tracing está agora disponível nas versões alpha – adiciona uma nova camada de iluminação global derivada do rastreio do percurso. Não é uma implementação completa como visto em Minecraft, mas o efeito é transformador – especialmente em jogos como o primeiro Crysis, criado numa altura em que os jogos ainda eram iluminados de forma ingénua, comparado com as implementações modernas.”

Não podemos pensar que o vídeo ray-tracing de GTA5 te mostra um vislumbre de um GTA de nova geração (Red Dead Redemption 2 sem ray tracing tem melhor aspecto do que GTA5, por exemplo). O filtro tem limitações e apenas suporta a iluminação e oclusão ambiental. Além disso, não consegue rastrear luz de algo que não está no ecrã, o que causa alguns efeitos estranhos.

Por enquanto, o filtro parece funcionar melhor em jogos mais antigos, que usavam iluminação básica. Além disso, a ray-tracing é altamente exigente para a GPU.

Perante os resultados alcançados em jogos existentes, é fascinante pensar no que poderá alcançar em jogos de nova geração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.